A Reitora não está ENEM aí!

Nos dias 25 e 26 de Maio de 2011 em reunião do Conselho Universitário (CONSU) da Universidade Federal do Acre foi votado a forma de ingresso à nossa Universidade (que com essa decisão, possa não ser mais) e foi aprovado que o ENEM 100% seria a única forma de ingresso a Instituição. Votação essa que foi Enganosa por parte da mesa, uma vez que a presidente do Conselho, Profª Drª Olinda Batista Assmar, propôs aos conselheiros que fosse votado a forma de ingresso, ENEM ou Vestibular, e se depois da votação o ENEM ganhasse iria se discutir as proporções do ENEM, esse foi o entendimento que a mesa transpareceu aos conselheiros, na primeira votação o Vestibular ganha do ENEM por 3 votos de diferença, sendo 24 Vestibular e 21 ENEM, a Presidente da mesa numa manobra tentou distorcer isso dizendo que apuração foi o contrário, mostrando como a instituição tinha interesses em impor o ENEM “guela” abaixo, atitude essa que pode ser observada em duas situações anteriores, em eventos proporcionados pela Administração superior como o “Debate” sobre as formas de ingressos ao cursos de graduação, onde foi apresentado a Universidade duas pessoas de duas Universidade Federais do Brasil (UFAM e UFC) que aderiram ao ENEM/SISU ( que é o pior de todos) para vender seu produto, quando digo “debate” entre aspas é por não considerar como tal, uma que em um debate temos que ter os pós e os contras, ou seja quem é a favor e quem é contra, sem contar que não foi estendido para a sociedade Acreana, mostrando total exclusão do povo acreano as discussões da forma de ingresso.

Outro evento que ocorreu nesse sentido arbitrário de discussão sobre as forma de ingresso na Universidade foi um fórum com os representantes docentes (professores) de colegiado de cada curso a portas fechadas, sem nenhuma representação dos segmentos Discente (alunos) ou mesmo da sociedade civil (cidadãos). Novamente mostrando a exclusão tanto de segmentos da sociedade Civil (Secundaristas e todo e qualquer cidadão) como dos discentes da Universidade.
E com relação à votação, como disse antes a mesa tentou manobrar para atender seus interesses (A Reitora não está ENEM ai! Pra sociedade Acreana) foi proposto por alguns conselheiros que fosse feito a votação novamente, e desta vez nominal, uma vez que havia pessoas na reunião que não eram conselheiros, novamente a presidente da mesa deixa o entendimento, a escolha do ENEM não elimina o Vestibular, uma vez que o ENEM ganhando, iremos discutir as proporções (isso pode ser comprovado pelo áudio da reunião), iniciada então a votação nome por nome o resultado é 26 para o ENEM e 21 para o Vestibular, logo após a vitória do ENEM, uma das assessoras da presidente, que não é Conselheira (Representante no CONSU) faz a seguinte fala “É agora não se tem mais o que se discutir, não tem mais Vestibular, é ENEM 100%” e após essa fala houve até quem dissesse que seu direito foi “estuprado”, uma vez que a mesa propôs uma coisa e depois uma assessora diz outra. Em Suma, dois dias de discussões e propostas para rediscutir e anular essa votação, mas de nada adiantou as reivindicações dos conselheiros que foram lesados, uma vez que a presidente (Reitora) não mais voltou atrás, uma vez que conseguiu a aprovação do ENEM, só que empurrou “guela” abaixo o 100% e no fim do segundo dia ainda tentou empurrar o SISU, só que os conselheiros ainda meio tontos, porém vacinados contra as atitudes da Reitora não aceitaram (enfim um momento de lucidez).
Somos contra o ENEM 100%, em primeiro lugar por que segundo os parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) as disciplinas são dadas nas escolas acreanas de forma isolada, enquanto no ENEM elas são cobradas em grupos, ou seja, por área de Conhecimento e articuladas e relacionadas entre si. Logo é fato que as escolas acreanas não preparam para o ENEM, a prova é tanta que muitas escolas, senão todas, tem os seus Pré-Vestibulares, Por tanto Magnífica Reitora leve isso em consideração!(A Reitora não está ENEM ai! Pra Sociedade Acreana). E outra coisa, não se engane, o ENEM é concorrência Nacional e nós não iremos concorrer com alunos de Escolas Públicas das grandes regiões não, que supera em muito ensino acreano (em qualidade), uma vez que o ensino acreano são meros números, iremos concorrer com alunos de escolas particulares das grandes Regiões que tem um ensino de qualidade superior ao do nosso estado. E Se antes não tínhamos acesso aos chamados “Cursos Nobres” (Direito, Medicina, Engenharias e etc.) agora é que podemos esquecer mesmo. Por tanto caros alunos secundaristas e sociedade civil não sejamos passivo a essa situação, Vamos lutar pela nossa Universidade e por nossas Vagas, antes que seja tarde demais. Lute e Grite mostrando insatisfação e que você está atento ao que está ocorrendo.
Vale ressaltar ainda que, com adesão do ENEM 100% a história do Acre que já é pouco conhecida por nós mesmos possa cair no esquecimento, e isso não pode acontecer uma vez que como diz um grande autor “Um povo que não conhece a sua própria História, está facilmente sujeito a dominação” então volto a dizer, devemos lutar por nossos direitos, pois a Universidade Federal do Acre é um direito de toda a sociedade Acreana. E lembremos (A Reitora não está ENEM aí! Pra Sociedade Acreana)

CONVERSATION

0 comentários: