LEI FEDERAL É PRA CUMPRIR!

Em agosto de 2010 foram às ruas mais de três mil assistentes sociais, estudantes e diversas lideranças do movimento social em uma das maiores mobilização da classe de Serviço Social: o ato público em Brasília (DF) culminou na vitoria da aprovação, pelo senado Federal do Projeto de Lei 152/2008, que estabeleceu a jornada de 30horas semanais para os assistentes sociais sem redução salarial, sendo esta mais uma prova que nas ruas são realizadas as conquistas de direitos.

Logo após foi sancionada pelo ex-presidente Inácio Lula. Porem apenas o primeiro embate tinha sido vencido, pois a luta pela implantação convoca a todos a retornarem as ruas exigindo respeito à lei e assim a implementação efetiva da jornada de 30 horas semanais sem redução salarial.

A mobilização inicia com uma palavra de ordem “ lei Federal é Para cumprir”, a categoria neste ultimo dia 30 de agosto ocupou ruas, praças, assembléias legislativas, prefeituras e locais de trabalho de todo o Brasil exigindo o cumprimento da lei.

No Estado do Acre, assistentes sociais e estudantes organizaram um ato publico em frente à Assembléia Legislativa exigindo um posicionamento sobre a não aplicação da lei federal, onde o governado do Estado Tião Viana conhecedor da lei, pois em seu mandato de Senador participou da aprovação, hoje parece se negar em executá-la, sendo que em diversos espaços e secretarias tal lei não foi aplicada.

O não respeito da lei não fica apenas a cargo do governo do Estado, onde a prefeitura de Rio Branco apenas criou um decreto que a qualquer momento pode ser revogado e assim deixando a classe refém de futuros prefeitos.

Com o grito “1,2,3 30horas já e lei”, a manifestação aos poucos tomava corpo e assim por chamar atenção foram convidados para um dialogo com os deputados estaduais, o líder do governo deputado Moises Diniz convidou a comissão de sete para uma conversa e encontrar de forma harmoniosa a solução.

CONVERSATION

0 comentários: