quinta-feira, 29 de setembro de 2011

#ParalisaçãoUninorte - Qualidade de Ensino Já

Os estudantes de Serviço Social cansados da forma que a Instituição de Ensino Superior Uninorte – União Educacional do Norte vem destratando a qualidade de ensino como também o desrespeito com os acadêmicos. Os alunos decidiram convocar para o dia 29 de setembro a paralisação do Curso e assim realizar uma manifestação na faculdade.

Os tubarões de ensino hoje visam apenas o lucro, e assim para crescimento cada vez maior de seu ganho os estudantes são explorados com mensalidades e taxas abusivas, com o preço do lanche e da fotocopia exorbitante e para completar um baixo investimento na qualidade de ensino sendo ela com falta de livros e disciplinas.

Se a ausência do investimento no ensino não bastasse, a faculdade destrata com desrespeito os estudantes, nas visitas do MEC criam um clima de terrorismo para que os alunos omitam a verdade, não respondem os requerimentos.

HOJE (29/09) 
AS 19H,
NA PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO PARALISAÇÃO DOS ESTUDANTES DE SERVIÇO SOCIAL

Nos três últimos semestres se identificou uma demanda sobre o estagio supervisionado uma disciplina do curso de serviço social, e ate hoje os estudantes não tiveram nenhuma resposta sobre uma provável solução. Por uma disciplina reprovada a faculdade cobra um preço bem elevado sem justificativa, quando ela não consegue oferecer a disciplina os alunos são obrigados a se readequar a instituição.

As tentativas de conversas foram feitas diversas vezes, porem apenas justificativas e nenhuma solução. Entendemos que os professores estão inseto desta culpa, pois tentam oferecer o melhor possível.

Hoje será o primeiro grito exigindo qualidade e respeito para com os estudantes, não estamos em relação de consumidor, estamos em uma relação de cidadão que tem o direito a educação de qualidade e faculdade se propôs diante ao Estado oferecer.
Educação não Mercadoria, Qualidade de Ensino Já.

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

6ª Conferência Estadual de Saúde será realizada nos dias 4,5 e 6 de outubro

Com o tema “Todos usam o SUS! SUS na seguridade social, política pública e patrimônio do povo brasileiro”, o Governo do Acre realiza a 6ª Conferência Estadual de Saúde. O evento que visa mobilizar a sociedade para debater sobre o tema ocorre nos dias 4,5 e 6 de outubro, no auditório da Firb/Faao. 

As Conferências de Saúde é um instrumento que fortalece e solidifica o Sistema Único de Saúde (SUS), que no âmbito municipal e estadual cria fóruns de discussões e propostas que vão estabelecer as diretrizes de saúde pública a serem adotadas no SUS, depois de debatidas na Conferência Nacional de Saúde.

Além disso, a conferência é um espaço democrático, garantido na legislação e com participação direta da sociedade civil organizada através de seus representantes de organizações não-governamentais, entidades, sindicatos, representantes do governo, prestadores de serviços e representantes estaduais de saúde.

O SUS é o único Sistema de Saúde em todo o mundo que funciona, embora ainda esteja em construção, por isso a importância de criar conferências nacionais de saúde que abordam eixos temáticos, diretamente relacionados com os princípios dos SUS. Só assim é possível perceber o fortalecimento dos serviços prestados pelo sistema.

O principal eixo temático da conferência é “Acesso e acolhimento com qualidade: um desafio para o SUS”, que se subdivide em:

- Política de saúde na seguridade social
- Participação da comunidade e controle social
- Gestão do SUS (Financiamento; Pacto pela saúde e Relação Pública x Privado; Gestão do Sistema, do trabalhador e da Educação em Saúde)

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

2° Conferencia municipal de Juventude de Cruzeiro do Sul uma das maiores do Estado do Acre

Diversos seguimentos da Juventude Cruzeirense participaram da 2ª Conferência Municipal da Juventude de  nesta sexta-feira, 23, no auditório da Escola Craveiro Costa. Evento que contou com a participalçao de mais de 500 jovens e tambem a presença do Promotor da Infância e da Juventude, Leonardo Honorato, do Secretário Municipal de educação, Ivo Galvão, e do Assessor da Juventude do Governo do Estado, Tiago higino,Giovanny Kley membro do Conselho Nacional de Juventude e Vice Presidente da Une Ac/Ro.

A plenária foi bastante representativa composta por estudantes secundaristas e do ensino fundamental das escolas urbanas e rurais. Também compareceram jovens que militam em entidades sociais como membros da UJS, dos desbravadores da Igreja Advesntista e de outras entidades.

A juventude de Cruzeiro do Sul estiveram discutindo as ausencia do poder publico diante as politicas publicas como educação, segurança, acesso a cultura e esporte, prevenção na saúde e outros demandas da cidade tendo como foco a juventude.

“Esse é mais um momento em que a juventude está protagonizando a sua história porque aqui os jovens de Cruzeiro do Sul estão pautando as demandas e não se colocando mais como problema. Pois, hoje, a juventude é vista internacionalmente com a solução porque ela diz o que quer para contribuir com o desenvolvimento do município, do estado e do país” – ressaltou o representante do Conselho Nacional de Juventude, Giovanny Kley.

A 2ª. Conferência Municipal da Juventude de Cruzeiro do Sul só foi realizada por iniciativa das entidades representativas dos jovens da cidade, já que a prefeitura não se manifestou em tempo hábil para a organização do encontro que tem a finalidade de levantar propostas para serem apresentadas na Conferência Estadual que será realizada em Rio Branco. Durante o período da tarde foram escolhidos 21 delegados que vão participar do encontro estadual que é uma preparação para a Conferência Nacional.
“Com essa Conferência de Cruzeiro do Sul, concluímos um ciclo de 100% de conferências realizadas em todos os municípios do Acre. Com isso, somos o primeiro e talvez o único estado do Brasil a realizar conferências de juventude em todos os seus municípios. Isso significa que os jovens de nosso estado estão empenhados em protagonizar o futuro” – disse Tiago Higino, Assessor da Juventude do Governo do Estado.
 

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Em discurso histórico na Assembleia Geral, Dilma Rousseff destaca papel de liderança global das mulheres


Abrindo o Debate Geral da 66ª Assembleia Geral da ONU nesta quarta-feira (21/09) a Presidenta do Brasil, Dilma Rousseff, destacouo papel das mulheres e afirmou que é preciso haver coordenação política para superar a crise econômica atual. “É com humildade pessoal, mas com justificado orgulho de mulher, que vivo este momento histórico”, declarou Dilma, primeira mulher na História a abrir a Assembleia Geral.
Dilma falou sobre a importância de encontrar soluções coletivas, rápidas e verdadeiras para a crise econômica, e disse que, como todos os países sofrem com a crise, todos têm o direito de participar das soluções. “O mundo se defronta com uma crise que é ao mesmo tempo econômica, de governança e de coordenação política”, declarou a Presidenta. Ela afirmou que a solução do problema da dívida deve ser aliada ao desenvolvimento e citou o Brasil como exemplo de política que controla os gastos sem comprometer políticas sociais e o desenvolvimento.
Em relação à política externa, Dilma citou os eventos da chamada Primavera Árabe, dizendo que “os brasileiros se solidarizam com a busca de um ideal que não pertence a nenhuma cultura, porque é universal: a liberdade”. A Presidenta defendeu a criação do Estado Palestino e afirmou que ele é essencial para a paz no Oriente Médio. Dilma defendeu ainda a presença de países em desenvolvimento no Conselho de Segurança da ONU e disse que a legitimidade e a eficácia do órgão dependem de sua reforma .


Dilma encerrou seu discurso lembrando que foi torturada no cárcere e disse saber a importância dos valores da democracia, da justiça, dos direitos humanos e da liberdade. “Junto minha voz às vozes das mulheres que ousaram lutar, que ousaram participar da vida política e da vida profissional, e conquistaram o espaço de poder que me permite estar aqui hoje”, completou



Paz e cooperação são destaques em outros discursos
Antes do discurso de abertura de Dilma Rousseff, o Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, falou aos 193 Chefes de Estado e de Governo reunidos na Assembleia Geral. Ban ressaltou a importância de trabalhar em parcerias com o setor privado e outros setores, afirmando que a ONU deve ser guiada pela responsabilidade e pela transparência.
O Presidente da Assembleia Geral, Nassir Abdulaziz Al-Nasser, também discursou, destacando as conferências sobre desenvolvimento sustentável que serão realizadas ao longo do ano e no ano que vem, até a Rio+20.
Após a abertura do Debate Geral pelo Brasil, Chefes de Estado fizeram seus discursos, sendo o primeiro deles o Presidente dos Estados Unidos. Barack Obama falou sobre a importância de buscar a paz em tempos de conflito e ressaltou que seu país diminuiu pela metade seu pessoal militar presente em países como Afeganistão e Iraque durante seu governo.

UJS Promove TWITAÇO aos seus 27 anos! #UJS27ANOS

A UJS completará 27 anos e promove TWITAÇO.



 
A União da Juventude Socialista (UJS) completará 27 anos amanhã (22) e esta cada vez mais participativa nas redes sociais e construindo um forte diálogo no Twitter e Facebbok ,  socializando-se muito mais com a Juventude.

Por isso, a UJS promoverá um dia de TWITAÇO em comemoração aos seus 27 anos de Lutas para com a Juventude Brasileira.
Participem do TWITAÇO da UJS com a seguinte HashTag: #UJS27ANOS!

Postem ao longo do dia e faremos com que o TWITAÇO da UJS  esteja nos TT’S (Trending Topics)! Comemorem conosco e sigam a @UJSBRASIL



Fonte: www.ujs.org.br

Hino da UJS - União da Juventude Socialista

Estudante da Uninorte e assaltado e sofre facada.



Falta de segurança na Instituição de Ensino Superior Uninote e em suas proximidades não e novidade para ninguém, onde todo semestre acontece alguma atrocidade e nada e feito tanto pela faculdade quanto pelo governo do Estado.

Os acontecimentos e as atrocidades sempre são negando, onde os "boatos" e de tentativa de estupro na parada de ônibus, assalto na rua frete da uninorte, furtos e roubos de carro e motos dentro e fora do estacionamento. As omissões das diversas formas de violência são constantes.

Algumas horas traz, exatamente as 20h30min, um estudante de arquitetura da Uninorte sofreu um assalto e foi esfaqueado por um motociclista que estava com passageiro realizando o assalto.

Alguma coisa será feito? ou não basta uma aluna ter o carro roubado e agora um estudante esfaqueado.

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Nepal reconhece terceiro gênero em censo


Do Pnud

O Nepal acaba de completar o primeiro censo nacional que inclui em seu formulário a opção de um terceiro gênero. A iniciativa, possivelmente inédita em âmbito mundial, abre caminho para o reconhecimento de direitos das minorias sexuais e de gênero na garantia de provisão e acesso a serviços públicos.

O reconhecimento oficial seguiu uma orientação da Suprema Corte nepalesa. A decisão histórica, tomada em 2007, passou a garantir os direitos da população gay, lésbica, bissexual e transexual. Além de estender os direitos civis, a corte pregou o fim da discriminação contra a população LGBT – algo inovador, tendo em vista que até o fim da monarquia, que caiu em 2008, o país considerava crime relações sexuais entre pessoas do mesmo sexo.

A decisão da Suprema Corte exige que todo documento de identificação dos nepaleses indique claramente a identidade de gênero dos cidadãos. “Depois da decisão nós pudemos sair livremente, e agora nos sentimos mais respeitados – muitos, inclusive, já têm nos documentos o reconhecimento do terceiro gênero”, diz Bhumika Shrestha, ativista local dos direitos das minorias sexuais. “O governo reservou uma parte do orçamento anual para nós, e vários formulários oficiais agora têm outra opção além de masculino e feminino”, conta.

A terceira categoria, pela primeira vez incluída no censo, já é usada em documentos oficiais. Com as carteiras de identidade, os cidadãos podem acessar diversos serviços públicos e privados como abrir uma conta bancária, fazer um passaporte, comprar um imóvel e até mesmo conseguir um emprego.

A situação das minorias sexuais no Nepal foi retratada em um documentário de 10 minutos. “Saindo do armário” foi produzido pelo Programa das Nações Unidas Para o Desenvolvimento (PNUD) em parceria com o Departamento para o Desenvolvimento Internacional do Reino Unido (DFID) e organizações não-governamentais, incluindo a Blue Diamond Society, defensora dos direitos da minorias sexuais.

Para o diretor do PNUD no Nepal, Shoko Noda, a decisão histórica é o princípio de uma série de outras ações que devem se seguir. “A implementação da decisão vai, certamente, ajudar a reduzir barreiras e também aumentar o acesso a serviços essenciais – especialmente no que se refere à prevenção e ao tratamento do HIV e da AIDS”.

Em conjunto com o governo do Nepal e outras organizações não-governamentais, o PNUD trabalha no combate ao HIV/AIDS, gerenciando recursos do DFID e do Fundo Global para Combate à AIDS, Tuberculose e Malária. Em 2006, com o apoio do Fundo Global, o PNUD se tornou a primeira agência internacional a apoiar organizações locais no desenvolvimento de ações e serviços relacionados ao tratamento e prevenção do HIV/AIDS. A rede de ações se espalhou por 14 distritos do Nepal, beneficiando mais de 185 mil pessoas. 

http://jc3.uol.com.br/blogs/blogjamildo/canais/noticias/2011/09/15/nepal_reconhece_terceiro_genero_em_censo_112641.php

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Conferências Livres e Virtuais, basta acessa a cidade Democratica

Para o avanço e construção das Políticas Publicas de Juventude  foram criados diversos processo preparatório sendo alguns seguindo de forma hierárquica como as Municipais, Estaduais e a Nacional como também as livre que podem que tem como objetivo o incentivo da sociedade civil organizada organizar pautas especificas de seu campo de atuação.

No ultimo dia 13/9 o Conselho Nacional de Juventude (Conjuve) apresentou em Brasília durante a 26° Reunião Ordinária mais uma etapa preparatória para a 2° Conferencia Nacional de Políticas Publicas de Juventude, onde tal etapa tem como objetivo fortalecer o diálogo, os debates sobres as PPJ’s como também a capacidade de mobilização, articulação das propostas.

 As Conferências Livres Virtuais serão realizadas dentro do site Cidade Democráticas, onde compreendem em dois processos: o primeiro é o fórum preparatório permanente, que estará no ar de setembro a novembro, onde funcionando como o site de relacionamento bastante interativo e simples podendo ser vinculado com outros sites como twitter, facebook e outros. Apara a participação deste fórum basta se cadastrar e iniciar com as diversas proposições para a construção das PPJ’s. A Segunda Etapa Virada Virtual serão 24h de debates, apresentações, proposições, transmitidas de diferentes regiões do país com a possibilidade de participação presencial e virtual e o Festival de vídeos com o tema “Olhares da juventude”.

 Para o Conselheiro Giovanny Kley, da UNEGRO ( União de Negros e Negras pela Igualdade), “a internet hoje pode ser usada como um mecanismo de interação. Neste caso literalmente podemos estar quebrando a barreira do  preconceito de idade, gênero, sexualidade, cor, religião e região. Principalmente de região pois como eu, moro no Acre poderei me comunicar e discutir com alguém de Salvado.
 Para a Conselheira Vânia Correia, da Ong Viração, a internet já vem sendo utilizado pelos jovens como forma de participação política, principalmente, por meio das redes sociais. “Você amplia a possibilidade de participação dos jovens na Conferência não somente na etapa presencial, mas também neste novo formato, além de fortalecer essa cultura política de participação por meio virtual”.

Problema: Acesso e Oportunidade de Universidade Para Todos e Todas Jovens Acriano - Cidade Democrática

Problema: Acesso e Oportunidade de Universidade Para Todos e Todas Jovens Acriano - Cidade Democrática

Mais um espaço de dialogo sendo ocupado por um jovem acreano


Pela primeira vez um jovem acreano faz parte do Conselho Nacional de Juventude, espaço este que tem como objetivo formular e propor diretrizes voltadas para as políticas públicas de juventude, desenvolver  estudos e pesquisas sobre a realidade socioeconômica dos jovens e promover o intercâmbio entre as organizações juvenis nacionais e internacionais.
Os avanços da participação política da juventude acreana a cada ano que passa vem aumentando. Um Estado com numero populacional bastante pequeno, porem, com uma participação política bastante constante. Hoje vem disponibilizando diversos de seus quadros de militância para a construção de uma nação mais justa e igualitária. 
Temos diversos avanços diante das PPJ’s onde com a aguerrida participação da juventude nas políticas publicas nos municípios e no Estado às conquistas institucionais também acontecendo tendo espaço da Assessoria de Juventude do Estado e a coordenadoria municipal de juventude sendo administradas por jovens, como também a conquista do conselho de juventude na capital e do Estado.
A participação da juventude acreana segue em diversos seguimentos onde hoje na Ubes- UniãoBrasileira dos Estudantes Secundarista temos a participação de três jovens entre eles Renata ex-aluna da escola José Rodrigues Leite com apenas 17 anos assumindo a tarefa de comunicação e morando em São Paulo, Na Une – União Nacionalde Estudantes temos a vice-presidência Ac/Ro e a cadeira de meio Ambiente, Na UJS – União da Juventude Socialista temos dois membros sendo a Barbara Raniele represento os Acreanos da entidade, Na revista nacional da Viração com Leonardo Nora, Parlamento do MercoSul Jeffrei e diversas outras lideranças.
 O Jovem Giovanny Kley militante do movimento estudantil e negro está como vice-presidente da União Nacional dos Estudantes Ac/Ro, assume mais tarefa, de representar a UNEGRO- União de Negros e Negrospela Igualdade no Conselho Nacional de Juventude. E assim nosso estado está presente em mais um espaço de dialogo e construção de políticas públicas.

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

CineClube Opiniões : Filme “Em Nome do Pai”


Para quem esta de olho nas atividades culturais de nossa cidade o CineClube Opiniões, convida a todos e todas  cinéfil@s e o apaixonados pelo bom filme e amantes de um bom debate para compartilhar suas OPINIÕES neste sábado, 10, na filmoteca acreana ( Anexo Biblioteca Publica – centro) onde terá como sessão “Em Nome do Pai”  um drama real que envolve a história da Irlanda do Norte. Em 1974, um atentado a bomba produzido pelo IRA (Exército Republicano Irlandês) mata cinco pessoas num pub de Guilford, arredores de Londres.

O jovem rebelde irlandês Gerry Conlon e três amigos são presos e condenados pelo crime. Giuseppe Conlon, pai de Gerry, tenta ajudar o filho e também é condenado, mas pede ajuda a uma advogada Gareth Peirce, que investiga as irregularidades do caso.

Em resumo, o filme Em Nome do Pai é um drama denso e mostra uma realidade conflituosa vivida na Irlanda do Norte, e de outro lado temos uma crítica ao sistema judicial britânico que tenta arranjar um culpado ou bode expiatório para resolver depressa a questão do atentado e causar boa impressão à opinião pública.


QUANDO: Dia 10 de setembro (Sábado)

ONDE: Filmoteca Acreana (Anexo Biblioteca Pública - centro)

HORAS: 19 horas!

II Conferencia LGBT do Estado do Acre



A União da Juventude Socialista membro da comissão Organizadora da II Conferencia LGBT do Estado do Acre que tem como tema ' Por um Acre livre da pobreza e discriminação, promovendo a cidadania LGBT" vem reforçar o convite para 1ª Etapa às regionais do Alto Acre, Baixo Acre e Purus  da Conferencia no próximo dia 13 de setembro (Terça-Feira), das 08h00 às 17h no Auditório do Colégio Estadual Barão de Rio Branco (CEBRB)

A II conferencia LGBT do Estado do Acre tem como objetivo o fortalecimento das políticas públicas de combate à pobreza e à discriminação da população LGBT, com a implementação do Programa Estadual de Promoção da Cidadania LGBT do Acre. No intuito de regionalizar uma política transversal entre Governo e Sociedade Civil, buscando cidadania a cidadãos acreanos.

Será realizada 03 etapas regionais no mês de setembro, sendo a 1ª Etapa as regionais do Alto Acre, Baixo Acre e Purus, no dia 13 de setembro de 2011, na cidade de Rio Branco, e nas regionais de Tarauacá e Envira, no dia 09 de setembro de 2011, no município de Tarauacá e na regional do Juruá no dia 16 de setembro de 2011, na cidade de Cruzeiro do Sul.

Segue em a programação.

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

1° TORNEIO DE FUTSAL ROTARACT


Convindamos os atletas e não atletas, esportistas e não esportitas e a todos que tenha interesse de participar do  1° TORNEIO DE FUTSAL ROTARACT que tem como objetivo inicial arrecadar fundos para o investimento em ações e projetos que venha contribuir com ações e serviços as diversas comunidades de Rio Branco como tambem incentivar a pratica esportiva.
O ROTARACT JOSE ALTEMIR uma organização internacional de jovens com idade entre 18 e 30 anos, que promove a prestação de serviços à comunidade, desenvolvimento da liderança e a melhoria do bem estar da comunidade hoje convida para o 1° TORNEIO DE FUTSAL ROTARACT terá como data final de inscrição o dia 16/09 (dezesseis de setembro), pois a data de realização do torneio será no proximo sabado dia 18/09 (dezoito de setembro) tendo como local a quadra do SESC bosque, e terá como premiação para 1° Lugar – Trofeu, medalhas, uma grade cerveja e R$ 200,00; 2° Lugar – Medalhas e uma grade de cerveja; 3° Lugar Medalhas.

terça-feira, 6 de setembro de 2011

Vem aí o Seminário Nacional de Serviço Social e a Questão Urbana, São Paulo, nos dias 28 e 29/10

Evento acontece em São Paulo, nos dias 28 e 29/10. As inscrições estão abertas e são gratuitas

(arte: Rafael Werkema)

Entre as deliberações do 39º Encontro Nacional CFESS-CRESS, realizado em Florianópolis (SC) em 2010, a proposta número 15 do eixo Seguridade Social apontava a necessidade de fortalecer as lutas pelo direito à cidade, nas dimensões urbana e rural. E um dos indicativos foi o de realizar debates no âmbito do Conjunto CFESS-CRESS sobre o Serviço Social e o direito à cidade em suas dimensões ética, política e social, e sua transversalidade nas políticas púbicas e na garantia dos direitos humanos.

Por esse motivo, nos dias 28 e 29 de outubro, São Paulo (capital), uma das cidades mais populosas do mundo, receberá o seminário nacional "Serviço Social e a Questão Urbana no Capitalismo Contemporâneo". O evento, organizado pelo CFESS em parceria com os CRESS representando as cinco regiões do país, vai discutir a questão urbana e a inserção do/a assistente social neste debate. As inscrições, gratuitas, estão abertas. As vagas são limitadas. Estudantes e profissionais de outras áreas poderão participar.

"Pensar em direito à cidade significa pensar em direito a: trabalho, seguridade social pública, educação, cultura, lazer, segurança pública e participação política. Significa, ainda, viver com direito à diversidade em relação à liberdade de orientação e expressão sexual e identidade de gênero e à questão étnico-racial", explica a conselheira do CFESS e integrante da comissão organizadora do evento, Kátia Madeira.

"Crise capitalista e questão urbana", "Lutas sociais e estratégias de resistência: desafios na perspectiva do projeto ético-político profissional do Serviço Social", e "Emancipação humana e luta política: desafios na concretização do direito à cidade" são alguns dos temas propostos pelo Seminário, que vai reunir também profissionais de outras áreas e diversos movimentos sociais.

"Esperamos um grande número de profissionais que trabalham nas áreas de habitação, saneamento, meio ambiente, saúde, educação, assistência social, entre outras, para problematizar as novas requisições e competências assumidas pelo/as assistente social e as tensões que vivenciamos no nosso cotidiano profissional", sinaliza Nuria Pardillos, conselheira do CRESS-SP e integrante da comissão organizadora.

No ano passado, durante a 4ª Conferência Nacional das Cidades, em Brasília (DF), foi lançando um CFESS Manifesta que apontava uma direção de debate. "O Serviço Social defende o direito à cidade para todo/as", diz o documento. A conselheira Kátia completa: "a defesa do direito à cidade está na luta pelo acesso universal aos serviços, na distribuição democrática dos bens produzidos, no incentivo ao diálogo intercultural. O direito à cidade é, eminentemente, a luta pela defesa da construção de um modo de viver com ética pautado na igualdade e liberdade substantivas e na equidade social. O direito à cidade é a luta para romper com a desigualdade social".

Mais informações sobre o seminário
As inscrições para o seminário nacional "Serviço Social e a Questão Urbana no Capitalismo Contemporâneo" estão abertas e devem ser realizadas somente pelo site do CFESS.

As vagas são limitadas, sendo 500 para assistentes sociais, 100 para profissionais de outras áreas e 100 para estudantes (de Serviço Social e outros cursos). Lei com atenção como funcionará o processo de inscrição:

  1. Ficha de pré-inscrição: Você deverá preencher a ficha de pré-inscrição (link disponível no site do CFESS) para o evento, de acordo com a modalidade (assistente social, profissional de outras áreas e estudantes). Esta ficha estará disponível enquanto houver vagas.
  2. E-mail de confirmação de pré-inscrição: depois preencher a ficha de pré-inscrição no site, você receberá, entre os dias 15 e 18 de setembro, um e-mail do CFESS para confirmar seu interesse em participar do Seminário. Atenção: sua inscrição só será efetivada se você clicar no link disponível pelo e-mail, confirmando sua a presença.
  3. Comprovante de Inscrição: ao confirmar sua participação através do e-mail que o CFESS enviará (etapa 2), você receberá, também por e-mail, um comprovante de inscrição.
Vale lembrar que:

  • Ao preencher o número total de vagas, o sistema de inscrição ficará bloqueado até que novas vagas sejam disponibilizadas, caso algum/a pré-inscrito/a não confirme presença. Não haverá lista de espera;
  • Ao receber o e-mail para confirmação, só confirme se você realmente puder participar: as vagas são limitadas! A não-confirmação por e-mail acarreta automaticamente o cancelamento de sua inscrição.
Clique nos links abaixo de acordo com a categoria e inscreve-se!

Assistentes sociais (500 vagas)
Estudantes (100 vagas) - Atenção: vagas esgotadas para esta modalidade. Aguarde novo período de inscrição, que começa em 19 de setembro, se houver desistência.
Profissionais de outras áreas (100 vagas)

ANOTE
Seminário Nacional Serviço Social e a Questão Urbana no Capitalismo Contemporâneo
Data: 28 e 29 de outubro de 2011
Local: Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social - Rua São Joaquim, 381, bairro Liberdade - São Paulo-SP (próximo ao metrô São Joaquim)
Inscrições gratuitas

Em breve, divulgaremos programação completa do evento e dicas de hospedagem em São Paulo.

Outras informações, somente pelo e-mail seminario@cfess.org.br