quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

MEC libera resultados do Enem, hoje, e vagas do Sisu, na segunda



O Ministério da Educação (MEC) antecipou a divulgação dos resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), prevista para o início de janeiro. Os participantes podem consultar sua pontuação a partir de hoje (21) no site. E a partir de segunda-feira (26), estudantes de todo o país poderão consultar cursos e vagas disponíveis no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do MEC, para ingressar nas Instituições de Ensino Superior públicas, em 2012. O Sisu seleciona a partir da nota no Enem.

Para acessar os resultados das quatro provas e redação do Enem, o estudante precisa informar seu CPF e a senha cadastrada durante o período de inscrição. Caso o participante tenha perdido a senha é possível recuperá-la no sistema.

A metodologia utilizada na correção é a Teoria de Resposta ao Item (TRI), modelo estatístico que permite que diferentes edições da prova sejam comparáveis. Para o cálculo da nota, leva-se em conta não apenas o número de acertos do candidato, como nos vestibulares tradicionais, mas o nível de dificuldade de cada item. Uma questão que teve baixo índice de acertos é considerada “difícil” e, portanto, tem maior peso na pontuação. Já as que têm alto índice de acertos são classificadas como “fáceis” e, portanto, valem menos pontos. Ou seja, dois participantes que acertaram o mesmo número de questões podem ter médias finais diferentes.

Na TRI não há uma pontuação mínima e máxima para o candidato atingir – com exceção da redação, que não é corrigida por esse modelo e cuja nota varia de 0 a 1000. A partir do desempenho dos participantes, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) constrói uma escala de notas máximas e mínimas que permite ao aluno comparar seu desempenho com o dos demais estudantes. A escala será divulgada posteriormente pelo Inep.

Sisu
A partir da zero hora de 7 de janeiro até a meia-noite do dia 12 do mesmo mês estará disponível 108.552 vagas em universidades públicas e escolas técnicas federais, no Sisu. O número de vagas é 30% maior em relação ao mesmo período de 2011. Já o númeo de escolas aumentou de 83 para 95, nos 26 estados - não serão oferecidas vagas em instituições do Distrito Federal.

Cada estudante deve fazer duas opções de curso. Durante o período de inscrições, ele poderá mudar essas opções, com base na nota de corte (nota mínima). Cada mudança invalidará a opção anterior.

Neste ano, o sistema funcionará ininterruptamente em 2012. Diferente dos anos anteriores, quando o sistema ficava fora do ar de zero hora às 6 horas da manhã para atualização. As notas de corte serão divulgadas todos os dias, durante a madrugada.

O candidato aprovado na primeira opção de curso será automaticamente retirado do sistema. Caso não faça a matrícula na instituição para a qual foi selecionado, perderá a vaga. O que for selecionado para a segunda opção ou não atingir a nota mínima em nenhum dos dois cursos escolhidos pode permanecer no sistema e ser convocado nas chamadas seguintes.

Resultados
O resultado da primeira chamada será divulgado em 15 de janeiro. Os candidatos selecionados terão os dias 19 e 20 para fazer a matrícula. As instituições de ensino superior participantes do processo terão prazo de 19 a 23 do mesmo mês para registrar as matrículas no sistema.

Em 26 de janeiro haverá divulgação de uma segunda chamada, com matrículas nos dias 30 e 31. Elas serão registradas pelas instituições de 30 de janeiro a 1º de fevereiro.

Os candidatos que não conseguirem vaga nas duas chamadas poderão ainda pedir inclusão, entre 26 de janeiro e 1º de fevereiro, na lista de espera, que será publicada em 4 de fevereiro. As vagas que se tornarem disponíveis para os candidatos na lista de espera serão divulgadas gradativamente pelas instituições. O prazo vai até 2 de março.

A consulta sobre cursos e instituições poderá ser feita, a partir de segunda, na página do Sisu. Mais informações pelo telefone 0800 616161, das 8 às 20 horas, de segunda a sexta-feira, e durante 24 horas diárias nos períodos de inscrição.

Para consultar os resultados do Enem 2011 basta acessar acessar a página do Inep

Presente de natal : MEC divulga notas do Enem 2011



Fonte: G1

Candidatos podem consultar o resultado individualmente na internet.
Sistema de Seleção Unificada (SiSU) estará no ar a partir do dia 26.

O Ministério da Educação divulgou, nesta quarta-feira (21), o resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011. Segundo a assessoria de imprensa do MEC, as notas já podem ser consultadas no site do Enem. Para consultar o resultado, o candidato precisa inserir seu CPF e a senha cadastrada no sistema.

A previsão inicial era de que o resultado sairia apenas na primeira semana de janeiro. Porém, o MEC decidiu antecipar a divulgação das notas para esta semana.

Os candidatos poderão usar o resultado do Enem 2011 para se inscrever no Sistema de Seleção Unificada (SiSU) em 2012. De acordo com o ministério, o sistema será divulgado na próxima segunda-feira (26) apenas para consulta, e as inscrições terão início à zero hora do dia 7 de janeiro.

No total, segundo o MEC, 95 instituições de ensino superior de 26 estados brasileiros (com exceção do Distrito Federal), por meio do sistema, oferecerão 108.552 vagas em 3.327 cursos . O ministério afirmou que o número de vagas é 30% maior que na seleção realizada em 2011.
Seleção

Na edição de 2012, o SiSU ficará no ar 24 horas por dia, entre 7 e 12 de janeiro, para receber as inscrições dos candidatos. A primeira chamada será divulgada no dia 15 de janeiro, e os candidatos aprovados terão entre 19 e 23 de janeiro para efetuar sua matrícula.

Segundo o MEC, "o candidato aprovado na primeira opção de curso será automaticamente retirado do sistema. Caso não faça a matrícula na instituição para a qual foi selecionado, perderá a vaga".

No dia 26, o SiSU divulgará a segunda chamada, com matrículas entre 30 e 31 de janeiro.

Entre 26 e de janeiro e 1º de fevereiro, quem não passou na primeira e na segunda chamada pode se inscrever na lista de espera, que será divulgada em 4 de fevereiro. A partir daí, a seleção será feita gradativamente até o dia 2 de março de 2012.

 

Calendário do SiSU 2012
21/12/2011 Consulta individual do resultado do Enem 2011
26/12/2011 Divulgação das vagas do Sistema de Seleção Unificada (SiSU) apenas para consulta
07/01/2012 Início das inscrições pelo SiSU (à 0h)
12/01/2012 Fim das inscrições pelo SiSU (até meia-noite)
15/01/2012 Primeira chamada
19 a 23/01/2012 Matrícula dos candidatos aprovados na primeira chamada
26/01/2012 Segunda chamada
30 e 31/01/2012 Matrícula da segunda chamada
26/01 a 01/02/2012 Inscrição na lista de espera dos candidatos que não foram chamados
04/02/2012 Publicação da lista de espera
02/03/2012 Fim do prazo de disponibilidade de vagas no SiSU

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Agenda 2012 do/a Assistente Social

Toda violação de direitos é uma forma de violência". Este é o tema da Agenda 2012 do/a Assistente Social, que começa a ser vendida a partir do dia 21 de dezembro nos CRESS em todo o Brasil.

Este importante instrumento educativo e político de alcance da categoria traz, em sua nova edição, informações e dados estatísticos sobre inúmeras violações de direitos humanos, apontando sugestões de enfrentamento dessas questões por parte dos/as assistentes sociais no seu dia-a-dia profissional. "A categoria fica face a face com inúmeras expressões de violência: longas filas de esperas para o atendimento da população, homofobia, tortura, trabalho escravo, cenas de violência contra pessoas em situação de rua, indígenas, afrodescendentes, população LGBT, mercantilização da saúde, sucateamento da educação, criminalização dos movimentos sociais, entre outros", afirma coordenadora da Comissão de Comunicação e presidente do CFESS, Sâmya Rodrigues Ramos. Nesse sentido, segundo ela, Agenda 2012 apresenta algumas indicações de estratégias para atuação do/a assistente social frente às questões impostas no cotidiano.

A publicação aborda também violação de direitos dos/as próprios/as assistentes sociais, em razão da precarização do trabalho (como o não cumprimento da carga horária de 30h sem redução salarial por parte de alguns empregadores, baixos salários, assédio moral no ambiente de trabalho, imposição de atribuições que não são da sua competência) e da ausência de condições físicas, técnicas e éticas para o seu exercício profissional, o que pode comprometer a qualidade dos serviços prestados à população usuária.

"Todo o conteúdo pesquisado estabelece uma mediação com a ética, com a economia política e com os direitos humanos, para serem compreendidos, materializados e aprimorados no cotidiano profissional. É fundamental que cada assistente social procure identificar pessoalmente as possibilidades de atuação e de luta sobre as temáticas apresentadas", completa Sâmya.

Música e arte
Extratos poéticos de canções do repertório da Música Popular Brasileira dão o ritmo do conteúdo artístico da Agenda 2012. E tudo isso é acompanhado por ilustrações que têm como intenção provocar reflexões da categoria sobre os assuntos abordados em cada mês. "Com um tema tão denso como este, a ideia de nos inspirarmos em poetas e compositores/as brasileiros/as para revisitarmos dimensões da atuação profissional, em articulação com as expressões da questão social, afina o tom entre texto, forma e conteúdo", opina a presidente do CFESS sobre a concepção editorial da agenda. A pesquisa, elaboração e seleção de textos são dos/as assistentes sociais e pesquisadores/as Jefferson Lee de Souza Ruiz e Mione Sales e o projeto gráfico é de autoria do jornalista e designer gráfico Rafael Werkema.

Por falar em forma, no que diz respeito ao acabamento gráfico, a Agenda 2012 apresentou mudanças, com base nas sugestões recebidas a partir da análise de modelos anteriores. A Agenda Convencional (formato 13x20cm) passou a ter uma capa dura com espiral sem lombada, para facilitar o manuseio. Além disso, ganhou, em suas páginas internas, um planejamento mensal amplo. Já para a Agenda De Bolso (17x8cm) a novidade ficou na capa dura, mais resistente. Ambas têm divisórias em papel texturizado e páginas do miolo em tonalidade amarelada, que facilita a leitura e a escrita.