Vídeo mostra policial agredindo rapaz e sacando arma na Cidade Universitária, em São Paulo

USPUm vídeo publicado nesta segunda-feira, na internet, mostra um policial militar agredindo um rapaz no campus principal da Universidade de São Paulo (USP), na zona oeste da capital paulista.

As imagens, postadas no perfil “Sociedade Hipotecada” do YouTube, mostram que o problema ocorreu quando os alunos que ocupam a sede do Diretório Central dos Estudantes (DCE), que a atual administração da Reitoria pretende desalojar para reformas, recebiam uma comitiva policial que solicitava a saída.
Um vídeo publicado nesta segunda-feira, na internet, mostra um policial militar agredindo um rapaz no campus principal da Universidade de São Paulo (USP), na zona oeste da capital paulista.

As imagens, postadas no perfil “Sociedade Hipotecada” do YouTube, mostram que o problema ocorreu quando os alunos que ocupam a sede do Diretório Central dos Estudantes (DCE), que a atual administração da Reitoria pretende desalojar para reformas, recebiam uma comitiva policial que solicitava a saída.

“Para reformar isso aqui, ou tem de ter um acordo entre o Diretório Central de Estudantes, ou tem de ter uma ordem legal. Não tem nenhuma das duas coisas”, diz um aluno. O policial que comanda a interlocução questiona: “E a ação de vocês é legal?”. O jovem, então, responde. “É. É o espaço dos estudantes.”

O policial fica irritado com algo que disse um rapaz que acompanhava a conversa e corre em sua direção gritando.
– Você é estudante? Você é estudante daqui? – interroga.
– Eu sou – diz o jovem
– Cadê a carteirinha? Deixa eu ver.

O jovem parece dizer que tem sua palavra de que é estudante, o que deixa o policial mais nervoso. O acesso ao campus e às dependências da Cidade Universitária é livre, à exceção do período noturno e dos finais de semana, durante os quais o acesso de veículos é controlado – o de pedestres, ciclistas e usuários de transporte coletivo é livre.

– Tua palavra da onde? – ameaça o policial, que em seguida agarra o jovem pela blusa.
– Não encosta em mim – pede o rapaz.
Logo em seguida tem início a agressão, que inclui empurrões e durante a qual o policial chega a sacar a pistola.
– Eu sou policial, eu quero que você mostre para mim o documento.
Não é o primeiro atrito entre policiais e alunos desde que o reitor João Grandino Rodas assinou, no segundo semestre do ano passado, um convênio para que a corporação passasse a atuar dentro do campus. De lá para cá, estudantes têm se queixado de uma série de “batidas” policiais agressivas por qualquer atividade que seja considerada suspeita.

http://correiodobrasil.com.br/video-mostra-policial-agredindo-rapaz-e-sacando-arma-na-cidade-universitaria-em-sao-paulo/353631/

CONVERSATION

0 comentários: