Democratização da meia entrada: Mentiras do Vereador do PT Gabriel Forneck



Foi apresentado pelo líder do prefeito e vereador do PT Gabriel Forneck um projeto de lei que visa aumentar o lucros dos empresários, destruir os movimentos culturais, desorganizar os estudantes e acima de tudo tentar amordaçar o movimento estudantil.

E inaceitável um vereador que afirma representar a juventude e por meio de uma campanha antecipada tenta enganar e iludir os estudantes com um discurso populista e demagogo “democratização da Meia Entrada” . Hoje não sabemos identificar realmente quem está do lado da juventude, pois no primeiro momento e oportuno somos golpeados.


As verdades sobre A proposta de alteração do Projeto de Lei (PL), da Meia Entrada.

1º A Meia Entrada hoje não contempla os estudantes.
R-  Tentam acusar as entidades do movimento estudantil de serem culpadas pelo não acesso a cultura, esporte e lazer. Porem e falta de politicas publicas para juventude onde são praças, quadras, segurança. De fato o que  faz com que nossos estudantes e jovem não tenham acesso a um direito que já estar garantido na constituição e a ausência do Executivo seja prefeitura e governo de Estado. Desta forma enquanto nossos governantes não assumirem a responsabilidade isso nunca se tornará realidade. Queremos escolas abertas nos finais de semana, quadras em nossos bairros e investimento na cultura

2º O Estudante de Baixa renda terá a democratização da meia entrada
R – Nossos estudantes de baixa ainda não tem acesso meia entrada não e devido a carteira de estudantes e sim por causa do elevado índice do desemprego, o  preço do transporte publico, a alto preço dos ingressos. Hoje o Estado não garante educação de qualidade.
 Não será o fim da carteira de estudante que irá solucionar
Queremos passe livre e emprego para a juventude

3º Concretizar a meia entrada
Hoje vivemos uma tentativa de golpe das empresas de festas onde criam diversas promoções para burla a lei de meia entrada estudantil sendo elas cliente de alguma operadora, criação de vales meia entrada, apresentação de algum documento para ter acesso a meia entrada e outros isso fazendo com que a meia entrada se torne mais cara ou muitas vezes não exista. Com este projeto estará assinando o fim da real meia entrada e não contribuindo, fortalecendo os empresários de festas. Quero direito de verdade, Meia entrada já
.
4º  O dinheiro arrecado pelas carteiras de estudantes servem para gerar lucro.
Existe máfia da carteira de estudantes, porem não podemos generalizar e acusar a UNE, UBES, nossos grêmios e DCE’s de ter as mesmas atitudes. A arrecadação feitas por estas entidades tem como objetivo financiar as entidades, como matéria de boas vindas, organizar torneios de esporte e outros. Queremos respeito as nossas entidades

5º Máfia das carteiras de Estudantes
Hoje e nosso Estado temos a CEA - Casa do Estudante uma entidade que faz parte desta máfia, pois não existe prestação de conta, não existe o distribuição da arrecadação para as entidades base. Isso e verdade.
Porem para que quer ajudar poderia procurar os órgão jurídicos.
Sabemos que a ideia não debater o movimento estudantil e tão pouco meia entrada

5º O dinheiro e para financiar os presidentes das entidades.
Nossas entidades necessitam de autonomia, desta forma não podemos permitir que vivam de financiamento publico pois desta forma estaremos servindo o interesses dos governantes e não dos estudantes. Não aceitaremos ser amordaçados iguais muitos movimento que foram combativos e hoje lambem a bota dos governos.
Não estamos a venda, Estamos na resistência.

6º Não devemos compra o direito da meia entrada.
Da mesma forma que os trabalhadores realizam as arrecadações sindicais para a manutenção da entidade, e isso não é compra direito e fortalecer a luta para se conquistar mais direito. Os Estudantes arrecadam com a taxa da carteira uma forma de manter as entidades representativa como grêmios e DCE’s. Queremos autonomia das entidades.

7º O projeto foi construído com os estudantes?
Não, pois o circulo de amizade do vereador não representar a classe estudantil e tão pouco a juventude de nossa cidade. Hoje temos Grêmio bastante atuante no Centro Jose Rodrigues Leite (não foi Consultado), Na baixada sobral Grêmio do EJORB(Não foi Consultado) , Próximo ao Tucumã Grêmio Colégio Armando Nogueira (Não Foi consultado), nas faculdades Diretório Acadêmico de Serviço Social, Centro Acadêmico de Ciências Contábeis e Educação Física ( Não Foram consultado) representando a juventude UJS ( não foi consultado) nem o conselho municipal de juventude do qual o vereador participou da fundação foi consultado.
VOCÊ FOI CONSULTADO???????????

CONVERSATION

0 comentários: