terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

MEU CABELO CRESPO REPRESENTA MINHA RESISTÊNCIA

A “democracia racial” nunca passou de um discurso com objetivo da tentativa de contemplar as diversas raças e etnias brasileiras, porém, apenas tentativa. A verdadeira pratica era discriminar o cabelo crespo e pele negra e assim reafirma o padrão da beleza dos cabelos lisos e pele branca. Somado as discriminações as palavras “cabelo ruim” solicitações de “prender”, “amarrar”, “muito volumoso” e “feio”. Uma violência sutil e perversa.

Dando a continuidade aos meus ancestrais em resistir às tentativas de anular nossa cultura, negar nossas qualidade e apagar nossa beleza, a resistência ao padrão imposto vem vencendo e conquistando espaço. O cabelo crespo solto e embaraçado vem se consolidando através da forma rebelde, indomável e livre de nossos cabelos. Podemos notar diariamente nas ruas de nossas cidades sendo tomados por nossos cabelos em suas diversas formas, texturas, cores e multiplicidade de estilos.


Finalizo afirmando e reafirmando nossa beleza não e apenas estética. A tentativa de comercializar e formalizar não será aceita, pois a mulatização não nos representa. Somos negros, pretos, afrodescente e resistiremos como nossos ancestrais.

sábado, 14 de fevereiro de 2015

ESTUDANTES PODERÃO FAZER NOVOS CONTRATOS DO FIES A PARTIR DO DIA 23


será aberto no próximo dia 23 o sistema para novos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O Sistema Informatizado do Fies (SisFies) ficará aberto até o dia 30 de abril. As inscrições poderão ser realizadas no portal do programa.

O Fies é um programa do Ministério da Educação destinado a financiar a graduação na educação superior de estudantes matriculados em instituições não gratuitas. Podem recorrer ao financiamento os estudantes matriculados em cursos superiores que tenham avaliação positiva nos processos conduzidos pelo Ministério da Educação.

Passo a passo para solicitar o financiamento

Inscrição – O primeiro passo para efetuar a inscrição é acessar o SisFies e informar os dados solicitados. No primeiro acesso, o estudante informará seu número de cadastro de pessoa física (CPF), sua data de nascimento, um endereço eletrônico válido e cadastrará uma senha que será utilizada sempre que o estudante acessar o sistema. Após prestar essas informações, o estudante receberá uma mensagem no endereço eletrônico informado para a validação do seu cadastro. A partir daí, o estudante acessará o SisFIES e fará sua inscrição informando seus dados pessoais, do seu curso e instituição e as informações sobre o financiamento solicitado.

Validação – Após concluir sua inscrição no SisFies, o estudante deverá validar suas informações na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA), em sua instituição de ensino, em até 10 dias, contados a partir do dia posterior ao da conclusão da sua inscrição. A CPSA é o órgão responsável, na instituição de ensino, pela validação das informações prestadas pelo candidato no ato da inscrição.

Contratação – Após a validação das informações o estudante deverá comparecer a um agente financeiro do Fies em até 10 dias, contados a partir do terceiro dia útil imediatamente subsequente à data da validação da inscrição pela CPSA, para formalizar a contratação do financiamento.

No ato da inscrição no SisFies, o estudante escolherá a instituição bancária, assim como a agência de sua preferência. Sendo a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil os atuais agentes financeiros do programa. Se houver dúvida, o estudante deve ligar para 0800 61 6161.

Assessoria de Comunicação Social
Acesse o portal do SisFies


terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

A VIOLÊNCIA TOMANDO CONTA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE

Após uma publicação nas redes sociais e a reportagem do ContilNet sobre a insegurança na Universidade Federal do Acre o tema tomou os corredores e as salas de aula desta universidade. Isso, pelo simples fato de não ser uma novidade a ausência de segurança interna.
Quando a universidade entra em processo de eleição de reitor o discurso sobre a segurança sempre é um dos primeiros, isso pelo fato de estar se consolidando como algo constante as tentativas de estupro, assaltos e até mesmo furto dos patrimônios públicos.
Mesmo com as diversas reformas e implantação de iluminação interna, um dos maiores problemas são o não funcionamento das câmeras e até mesmo o não contingente suficiente de técnicos para manter a segurança e se não bastasse à terceirização da segurança cabe apenas para o patrimônio. Desta forma os estudantes estão amparados apenas pela sorte.
A Universidade é um espaço público e deve ser de acesso aberto, porém, nada impede que a mesma crie regras para a manutenção da segurança entre alunos e o patrimônio.
A UFAC cria tantos fóruns para debater a participação dos Estudantes, uma dica fica que seja feito um espaço para a construção da segurança interna, e não mais a política para enganar os alunos onde toda vez que acontece algo deste nível a universidade cria uma força tarefa para iludir os alunos durante uma semana, acreditando que o problema foi resolvido.

Para o Reitor e a administração os estudantes de Letras Espanhol do turno noturno, localizado em um dos espaços mais isolado da universidade e que a parada de ônibus mais próxima se encontra sem iluminação, desta forma em total estado de vulnerabilidade. Nós nos colocamos a disposição da construção e participação do fórum.

domingo, 8 de fevereiro de 2015

QUER A DITADURA DE VOLTA???


Quando vejo as diversas postagens convocando o retorno da Ditadura Militar, me pergunto se esta pessoa e ignorante em não saber o papel das forças armadas ou se faltou às aulas durante o ensino médio.

Durante a Ditadura Militar vivemos em um período no Brasil do qual um dos principais direitos foi cerceado. O direito a liberdade, a livre expressão foi desrespeitado de forma tirânica através de um golpe que tiveram como pratica assassinatos e torturas em massa.

As forças armadas são mais que fundamentais para a defesa da nação, são estes que diariamente se preparam para qualquer que seja o inimigo que possa querer ou tentar contra a nossa pátria. Atualmente ainda vivem o preconceito baseado no golpe de 64.

Para os que querem intervenção militar esquece que inclusive hoje o seu direito de postar estas idiotices são baseadas na liberdade de expressão.


A única resposta para estes e o sadomasoquismo em querer o retorno da Ditadura Militar e gostar de apanhar e sofre.


sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

UM HORIZONTE INFINITO DE IDEIAS


Desde criança apreendemos que a vida segue de forma cronológica e assim que temos um ano para executar nossas metas, seja elas adquirir um bem, realizar alguma ação ou mesmo fazer um curso e etc. Para um conforto interno neste aprendizado esta o enterrar junto ao ano que termina todas as demandas, necessidades, frustrações e metas não concluídas. Junto ao ano que inicia novas expectativas, metas e planos. Um horizonte a ser perseguido.


Um Horizonte iSe somando a esta cultura, reafirmamos que o janeiro tem como foco o balanço do ano anterior e a construção de novas expectativas. Desta forma, já conclui boa parte do balanço do ano passado e já estou a todo gás para as novas.

Para o ano de 2014 a conclusão de uma fase. Para o ano de 2015 o inicio de outra com maior responsabilidade, compromisso e dedicação no meu processo de formação. Isso tudo sem perder a essência jamais.


Inicio com uma publicação e informação da qual muitas deveram vir pois pretendo transformar este espaço para além de meus pensamentos. Estarei publicando matérias das quais acho interessante, externado posições sobre alguns temas e publicando meus trabalhos acadêmicos sejam do curso de Licenciatura em Letras Espanhol ou mesmo Bacharel em Direito sem esquecer das Pós Graduação, musicas para reflexão um horizonte infinito de ideias.